Gordinha do Tinder

Olá CDC eu já frequento o site a um tempo e nunca compartilhei da minha vida aqui ou qualquer outro site de conto ou relato erótico. Como é meu primeiro, vamos as apresentações. Podem me chamar de Luc, tenho 24 anos, 1,82, negro tom mais claro da cor parda, peso proporcional nem muito magro nem gordo, meu pénis não é gigantesco é um pau que eu colocaria como normal kkk.

Bom tudo aconteceu nas minhas férias da faculdade, esse começo de janeiro, agora em 2017 mesmo fui para Vitória-ES, curtir a praia com a família. Como nessa viagem só tinha eu e meus parentes mais velhos, eu fiquei praticamente no tédio nos primeiros dias, porque a maioria dos programas não eram aquilo que eu esperava, como estava sem fazer nada logo baixei o bendito tinder e resolvi me aventurar. Logo dei match com uma gordinha linda(EU SEMPRE PIREI EM MULHERES GORDAS/GORDINHAS sempre tive um tesão inexplicável), tinha 28 anos e podemos chamá-la de Carol.

A conversa fluiu no mesmo dia já estávamos conversando no wpp e no outro já marcamos um cineminha. Nos encontramos numa rua próximo ao apartamento onde eu estava ficando, logo quando já avistei, fiquei todo animado! Que gordinha gostosa eu estava vendo, morena, 1,70, com um vestidinho preto de bolinhas, todo gostosa, quadril largo, peitos bem avantajados e com uma boquinha que me seduzia muito. Me surpreendi que ela estava muito bem arrumada pra quem tinha acabado de sair do trabalho.

Nos cumprimentamos, pedimos um uber logo estávamos no shopping, comemos, conversamos bastante, era uma mulher culta, já tinha ido pra fora do país diversas vezes, conversava sobre tudo. E isso aumento meu desejo de pega-la toda. Durante o filme não fiz nada, só vimos o filme tranquilo sem nenhum beijo nem nada. Ainda não tinha a segurança que eu poderia beija-la. Porém assim que o filme acabou e saímos do shopping eu disse:

-Desculpa eu não aguento mais, tenho que fazer isso…

Cheguei junto dela botei minha mão na sua cintura apertei bem e dei um beijo que prontamente foi aceito, logo ela morde meu lábio inferior, bem devagar de um jeito gostosinho, assim eu aperto mais forte aquela cintura gostosa, grande, que nem dava pra segurar tão bem e escuto um gemidinho de leve. Nossa aquilo pra mim foi maravilhoso. Mas como é bom dura pouco estava ficando tarde, tínhamos que voltar pras nossas casa, pegamos um uber, ela pediu pra que parasse na minha rua e nos despedimos.

Coisa boa dura pouco não é mesmo? Haha Porém naquela mesma noite uns minutinhos mais tarde já recebo uma msg no wpp com ela me elogiando pelo beijo e a pegada, logo estávamos falando sobre sexo, e oque gostávamos. Não perdemos tempo e no dia seguinte marcamos de andar na orla da praia onde ela me mostraria melhor a “cidade”.

Marcamos de nos encontrar no mesmo lugar, quando avistei aquela minha Carolzinha GG chegando de vestidinho, com um decote leve, onde tinha um zíper no mesmo, e todo arrumadinha. Já fiquei com desejo! Logo fomos andando na praia, paramos em um quiosquezinho na praia comemos um poquinho. E logo depois nos sentamos num banco da orla…

Mas dessa vez não estávamos conversando tanto, logo começamos a nos pegar loucamente, e cada vez mais juntos, minha mão novamente naquela cintura, e outra no pescoço, beijando, as vezes, descendo a mão um poquinho passando pelo decote, quando penso que não, sua mão estava já por cima da minha bermuda alisando o volume que se fazia. Ai que delicia aquela mãozinha fofa passando pelo meu pau. Logo minha estava na sua coxa por de baixo do seu vestido apertando forte.

Assim que fiz isso ela começou a gemer loucamente, no meio da praia com todo mundo e relativamente alto, sério só com minha mão alisando e apertando forte aquela coxa grande gostosa já estava a fazendo a gemer muito. Logo começamos atrair atenção dos curiosos e resolvemos sair dali.

Fomos andando em direção a casa dela onde iria leva-la na porta e me despedir, fomos andando de mão dadas um pouco envergonhados do que acabou de acontecer, logo estávamos em uma rua escura meia deserta rodeada de uns condomínios, devia ser por volta de 23:00. E logo ela me diz, olha essa rua tá vazia né!? Aquilo pra mim soou com um convite onde ela dizia, me pega se puto, essa gorda gostosa ta aqui pra você!

Logo me encosto em um muro baixinho onde dava até pra sentar, e ela vem e se encosta em mim e aquela pegação toda volta, nos esfregamos bem, beijos mais quentes, sentindo aquela boca molhada, ai que delicia lembrar disso. Logo ela pega minha mão e bota no meio daquele decote, deslizei meu dedo no meio daqueles seios maravilhoso, ainda com dificuldade de tocá-los todos devido a roupa e ao sutien. Quando penso que não logo ela abre aquele zíper bem no meiozinho do vestido deixando os peitos mais amostra. Não aguentei, logo tirei uma teta pra fora.

E que teta maravilhosa, grande, com a aréola pequena e clara, e mamilo pequeno mas já bem duro. Logo botei minha boca e mamei no meio da rua ali aquela teta maravilhosa, babava bem naquele biquinho, mordia forte…. E carros passavam na rua, passou até um caro de bicicleta onde a gente parou de se pegar, mas logo depois nos pegávamos mais uma vez. Logo ela guardou uma teta por medo de alguém ver. Mas no mesmo momento ela guardou, eu já botei uma mão por de baixo do seu vestido sentindo aquela buceta grandinha, toda babada, ensopada, com o melzinho. Assim que senti aquilo, comecei a masturba-la sem parar e ela gemendo feito uma louca. Assim tirei minha mão da sua bucetinha, e mostrei minha mão toda babada pra ela e fui chupando, dedo por dedo aquele, melzinho maravilhoso, aquele cheiro de buceta inconfundível.

Depois disso logo botei minha mão novamente e comecei a masturba-la novamente e mais forte e ela gemendo cada vez mais….. Assim ela disse quero ver seu pau! Assim logo abri meu zíper tirei meu pau, durinho e com a cabeça babada e escuto que delicia. Segundos depois ela começou a me masturbar e eu a ela. Aquilo durou mais uns 1 min, logo um carro estaciona do nosso lado, assim nos assustamos e nos recompomos e fomos embora daquela rua, meio que correndo com vergonha.

Kkk infelizmente nessa noite foi o máximo que aconteceu. Levei ela em casa, demos um beijo de despedida. Não pude sair novamente com ela por compromissos com a família e 2 dias depois fui embora de Vitória. Estamos até hoje com contato, mas conversando pouco. Mas na metade do ano irei para Vitória novamente e já deixamos combinado que dessa vez eu vou comer minha Carolzinha Grandinha toda!

É isso gente, obrigado por lerem, desculpa ser longo, mas foi exatamente como aconteceu. Espero que tenham gostado, desculpem os erros de pt e vícios de linguagens no mais até logo, espero contar mais aventurar pra vocês principalmente com as gordinhas!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s